Como acabar com o mau hálito – conheça as principais causas

04 de Setembro de 2018

Como acabar com o mau hálito – conheça as principais causas

Nesse artigo vou comentar as diferentes formas de como acabar com o mau hálito, também chamado de halitose. Mas primeiro, um esclarecimento. A halitose é como outras formas de mau odor corpóreo. Para realmente acabar com o mau hálito é necessária uma rotina de cuidados diários com relação principalmente à higiene bucal e também em relação aos hábitos alimentares.

Conheça mais sobre o mau hálito.

Nesse primeiro artigo vou ensinar você a identificar as principais causas do mau hálito. Cerca de 95% dos casos de mau hálito vem da boca, especialmente devido à saburra lingual ou biofilme lingual, a principal causa do mau hálito, e da doença periodontal, que são as doenças de gengiva, especialmente a gengivite e a periodontite. Para identificar se você tem essas 2 causas é muito fácil.

No caso da saburra lingual, coloque a sua língua o máximo para fora em frente ao espelho e verifique se o fundo dela está com uma coloração que varia do branco ao amarelo, chegando até ao marrom claro em alguns casos. Se tiver, não se preocupe, mais pra frente ensinarei quais os caminhos para combater esse problema com eficiência.

Com relação às doenças de gengiva, o principal sinal de que a saúde de sua gengiva está comprometida é o sangramento gengival. Se a sua gengiva sangra quando você escova os dentes ou usa o fio dental, atenção! O sangramento gengival nunca é normal e se ele estiver presente é um sinal que a gengiva está inflamada, pois a gengiva saudável não sangra. Mas calma, também ensinarei em breve os caminhos para conquistar e manter a saúde de sua gengiva.

Entre as causas do mau hálito que não são bucais, a mais comum é a formação de pequenas bolinhas esbranquiçadas ou amareladas dentro das amígdalas, chamadas cáseos amigdalianos, que quando expelidas e apertadas entre os dedos, têm um odor extremamente desagradável. Os cáseos se parecem com pequenas bolinhas de queijo e afetam entre 5 a 6% da população, causando um grande incômodo em quem tem o problema.

A boa notícia é que atualmente existe um tratamento conservador para controlar a formação dos cáseos e assim, manter as suas amígdalas, pois até recentemente a extração das amígdalas era a única forma de tratamento eficaz. Era, pois felizmente tenho tido excelentes resultados no controle da formação dos cáseos com as soluções que eu desenvolvi para essa finalidade e no próximo artigo vou te contar tudo em detalhes, ok?

Segundo pesquisas, essas 3 causas juntas, saburra lingual, doenças da gengiva e cáseos amigdalianos, correspondem a cerca 98% dos casos de mau hálito. Então, caso queira saber mais a respeito de como acabar com o mau hálito vindo dessas 3 causas, clique aqui para ler meu próximo artigo.

Se tiver dúvidas, entre em contato pelo nosso WhatsApp.

Whatsapp

Compartilhe