Boca Amarga não significa Mau Hálito (Halitose)

01 de Fevereiro de 2018

Boca Amarga não significa Mau Hálito (Halitose)

A queixa de Boca Amarga é um dos principais motivos que levam os pacientes a buscar o tratamento do mau hálito. Entretanto, sentir a boca amarga não significa necessariamente estar com halitose.

Realmente existem fatores que podem causar a boca amarga e também o mau hálito como a saburra lingual, também conhecida por língua branca, biofilme lingual ou língua saburrosa e a baixa produção salivar, conhecida por hipossalivação ou hipossialia. Também o jejum prolongado e outras causas que levam à hipoglicemia podem causar a boca amarga.

Para saber se a queixa em ter a boca amarga está relacionada ao hálito alterado, é importante checar o hálito com alguém de confiança ou ainda consultar um profissional qualificado no tratamento do mau hálito. 

Normalmente, após o tratamento do mau hálito ter sido iniciado, a queixa de boca amarga deve diminuir a cada dia, até cessar, caso seja uma das causas já mencionadas. Mas, caso a queixa persista, uma investigação mais detalhada deverá ser realizada.

Nesses casos, é muito importante o paciente dissociar (separar) a queixa de boca amarga em ter o hálito alterado, para que a cada dia se sinta mais seguro em relação ao seu hálito. Para isso, sempre que sentir a boca amarga, deve checar o seu hálito com alguém de confiança. A cada vez que checar o hálito e este estiver normal, mais e mais seguro o paciente se sentirá.

Não esqueça. Se você tem queixa em ter a boca amarga, procure um profissional qualificado no Tratamento das Alterações do Hálito, Saliva e Paladar.1

REFERÊNCIAS:

1- Para obtenção do diagnóstico correto sempre será necessária a consulta a profissionais qualificados no tratamento da halitose. Encontre esses profissionais nos sites www.clinicahalitus.com.br; www.mauhalito.com/encontre-profissionais-perto-de-voce; www.abha.org.br; www.crosp.org.br/; cfo.org.br/.

Compartilhe