Mau hálito piora com Enxaguatórios com álcool

01 de Maio de 2010

Mau hálito piora com Enxaguatórios com álcool

A maioria dos enxaguatórios bucais do mercado contém álcoolTodos os produtos que alegam ter um efeito positivo sobre o mau hálito (halitose), não devem conter álcool.

Duas causas importantes da halitose são a saburra lingual e os cáseos amigdalianos. Tanto a saburra como os cáseos são placas bacterianas. Estas placas contém bactérias proteolíticas, que se alimentam de proteína, e estas são as principais bactérias que causam o mau hálito de origem bucal.

O que ocorre é que o álcool contido nestes produtos, especialmente os enxaguatórios (conhecidos como enxaguantes ou colutórios), provocam a halitose, por promover um ressecamento na mucosa bucal (lábios e bochechas), que irá descamar devido a este ressecamento, ou seja, soltar minúsculos pedacinhos de pele, que serão degradados pelas bactérias proteolíticas.

Neste processo de decomposição destes minúsculos pedacinhos de pele (que na realidade são pedacinhos de carne crua), irão ser liberados gases derivados do enxofre, que são os gases que dão o odor desagradável ao mau hálito e é desta maneira que a halitose ocorre devido ao uso de produtos com álcool.

Resumindo: os produtos que fazem propaganda em serem benéficos para o mau hálito na verdade somente agravam a halitose.

Enxaguatório bucal HalitusConheça o enxaguatório bucal Halitus, que através do conceito de higiene bucal e das amígdalas, tem um efeito positivo, cientificamente comprovado por pesquisas, sobre as principais causas do mau hálito: a saburra lingual e os cáseos amigdalianos.

Palavras chave: halitose, mau hálito, enxaguatório, enxaguante, colutório, spray bucal

Compartilhe

Comentários

Deixe seu comentário abaixo.