Mau halito na garganta: o que pode ser e o que fazer

28 de Julho de 2017

Mau halito na garganta: o que pode ser e o que fazer

O mau hálito originado na boca corresponde a cerca de 95% dos casos, em média. E o segundo local do corpo humano que mais provoca o mau hálito é a garganta.

E quais as causas do mau hálito vindo da garganta?

causa direta do mau hálito na garganta mais comum são os cáseos amigdalianos, placa bacteriana semelhante a pequenas bolinhas amarelas que se formam no interior das amígdalas e cuja formação pode ser controlada com o Kit de Produtos Halitus.

Outras causas diretas, que necessitam de tratamento especializado com um otorrino, são a garganta inflamada e a amigdalite, além de causas mais raras como os abcessos periamigdalianos e o câncer e patologias da laringe, oro ou hipofaringe e adjacências.

A principal causa indireta para o mau hálito é o gotejamento nasal posterior, também chamado de gotejamento pós-nasal ou rinorréia posterior. Ele se caracteriza pelo acúmulo de muco, rico em proteína, que escorre ela nasofaringe e se deposita na valécula, região que fica atrás da língua e entre as amígdalas.

Esse muco irá servir de alimento para as bactérias que provocam o mau hálito, propiciando a formação da saburra lingual e cáseos amigdalianos, duas das causas mais importantes do mau hálito.

Essas bactérias se alimentam de proteína e o muco é rico em mucina, que é uma glicoproteína e responsável por sua viscosidade. Nesse processo de degradação do muco há a liberação de maus odores, provocando o mau cheiro na garganta, devido à mucina ser decomposta em aminoácidos, alguns deles contendo enxofre.

Assista o vídeo abaixo e conheça o Kit de produtos Halitus, destinado à limpeza da língua e garganta (amígdalas e valécula), e saiba o que fazer para combater o mau hálito vindo da garganta, com produtos eficazes e confiáveis.

Compartilhe

Comentários

Deixe seu comentário abaixo.