Mau hálito: cura ou controle?

26 de Março de 2014

Mau hálito: cura ou controle?

Halitose: tratamento ou cura?Alguns pacientes, quando buscam o tratamento da halitose, têm a expectativa de uma solução mágica para seu problema, imaginando que fazendo o tratamento, o seu problema será curado e nada mais terá de ser feito.

Se entendermos a palavra cura como restabelecimento da saúde, sim, a cura é possível. Para que isso aconteça, novos hábitos de higiene, de alimentação e de vida terão de ser adotados e mantidos.

Entretanto, se estas rotinas não forem seguidas adequadamente, a halitose tem grandes chances de se manifestar e por este motivo o termo controle do mau hálito é muito mais apropriado.

Como exemplo, podemos citar uma pessoa que, após passar pelo tratamento, descobre que a saburra lingual é a principal causa de alteração de seu hálito. Ao aprender a técnica correta de limpeza da língua, o seu problema é sanado, desde que a limpeza da língua seja feita da maneira e na frequência corretas.

Entretanto, se a limpeza da língua for interrompida ou feita incorretamente, o mau hálito voltará. Assim, o mau hálito não foi curado e sim controlado, pois a manutenção dos resultados positivos depende de uma rotina de higiene diária adequada.

Finalizando, podemos afirmar que quando conseguimos diminuir a formação da saburra lingual, através do tratamento de suas causas, obtemos um percentual de cura. Isto possibilitará a limpeza da língua numa frequência menor.

Entretanto, conseguir interromper a sua formação é quase impossível, sendo ainda um desafio no tratamento da halitose.

O mais importante é que o mau hálito tem tratamento, com resultados rápidos e definitivos, desde que as orientações fornecidas durante o tratamento sejam seguidas.

Compartilhe

Comentários

Deixe seu comentário abaixo.