Dúvidas e Notícias

Conheça as principais causas da halitose (mau hálito)

Causas da halitose (mau hálito)Quando escrevi o livro "Bom Hálito e Segurança" em 2013, encontrei 89 causas da halitose. Agora que estou escrevendo uma nova versão em Inglês, novas causas foram encontradas.

Atualmente cerca de 90 causas de halitose são conhecidas. A cavidade bucal é onde há a predominância dos casos, sendo a saburra lingual e as doenças de gengiva as principais causas.

Geralmente as causas do mau hálito são multifatoriais e seu tratamento, em alguns poucos casos, pode vir a ser interdisciplinar.

A seguir descreverei as diversas causas associadas à Halitose, correlacionando-as com sua origem.

DE ACORDO COM OS ESTUDOS MAIS RECENTES, AS ORIGENS DO MAU HÁLITO PODEM SER:

  • ORIGEM BUCAL (de 92 a 96 % dos casos)*
  • ORIGEM EXTRA-BUCAL (de 4 a 8 % dos casos)*

Observação: Como causas de origem extra-bucal, consideramos as causas de origem nas vias aéreas superiores e as de origem metabólica ou sistêmica, vindas de dentro do organismo.

*Estudos de Seemann et al., 2006; Quirynen et al., 2009; Zurcher et al., 2012.

As causas da halitose serão divididas em:

A-) Halitose bucal;

B-) Halitose extrabucal não transportada pelo sangue, que se divide em:
    B1-) Halitose extrabucal não transportada pelo sangue com origem nas vias aéreas;
    B2-) Halitose extrabucal não transportada pelo sangue, com origem no sistema digestivo;

C-) Halitose extrabucal transportada pelo sangue.

A )  Halitose por origem bucal:

1. Halitose por saburra lingual
2. Halitose por doença periodontal (gengivite e periodontite)
3. Halitose por descamação excessiva de células epiteliais da mucosa bucal*
4. Halitose por hipofunção de glândulas salivares 
5. Halitose por higiene bucal deficiente
6. Halitose por próteses ou restaurações mal adaptadas ou defeituosas
7. Halitose por alterações morfológicas da língua
8. Halitose por ânsia excessiva* 
9. Halitose pelo espaço reduzido entre o dorso posterior da língua e palato mole*, em casos de classificação de Mallampati modificada classe IV
10. Halitose por cáries dentárias abertas e extensas
11. Halitose por cicatrização de feridas cirúrgicas bucais
12. Halitose por neoplasia
13. Halitose por estomatite
14. Halitose por língua presa ou anquiloglossia
15. Halitose por má higienização de próteses
16. Halitose por cisto dentígero
17. Halitose por miíase bucal
18. Halitose por pericoronarite

B) B-) Halitose extrabucal não transportada pelo sangue, que se divide em:
    B1-) Halitose extrabucal não transportada pelo sangue com origem nas vias aéreas;

19. Halitose por amigdalite
20. Halitose por amigdalite caseosa
21. Halitose por respiração bucal (por desvio de septo, hipertrofia de cornetos ou de adenoides, rinite alérgica, etc.)
22. Halitose por patologia das adenóides
23. Halitose por rinossinusite 
24. Halitose por faringite 
25. Halitose por abscesso retrofaríngeo
26. Halitose por rinite atrófica fétida (ozena)
27. Halitose por ronco*
28. Halitose por presença de corpos estranhos
29. Halitose por cisto de Tornwaldt
30. Halitose por tuberculose nasal primária 
31. Halitose por sífilis terciária das cavidades bucal e nasal
32. Halitose por carcinoma de laringe
33. Halitose por rinoscleroma
34. Halitose por radionecrose da laringe
35. Halitose por fístula branquial completa do segundo arco
36. Halitose por câncer pulmonar
37. Halitose por abscesso pulmonar 
38. Halitose por tuberculose 
39. Halitose por bronquiectasia
40. Halitose por broncopneumonia
41. Halitose por teratoma pulmonar primário
42. Halitose por granulomatose de Wegener
43. Halitose pelo uso de stents metálicos em patologia endobrônquica

B-) Halitose extrabucal não transportada pelo sangue, que se divide em:
     B2-) Halitose extrabucal não transportada pelo sangue, com origem no sistema digestivo;

44. Halitose por diverticulose esofágica (divertículo de Zenker)
45. Halitose por megaesôfago
46. Halitose por ulcerações do esôfago
47. Halitose por fístula congênita broncoesofágica
48. Halitose por câncer esofágico
49. Halitose por fístula gastrocólica
50. Halitose por tricobezoar gástrico (Síndrome de Rapunzel)

C-) Halitose extrabucal transportada pelo sangue (ou sistêmica):

51. Halitose por hipoglicemia
52. Halitose fisiológica da manhã
53. Halitose da fome e do regime
54. Halitose decorrente do hipertireoidismo
55. Halitose decorrente do alcoolismo
56. Halitose por ingestão de alimentos odoríferos
57. Halitose por estresse psicológico excessivo, ansiedade, depressão 
58. Halitose por tabagismo
59. Halitose por alterações intestinais
60. Halitose por alterações hepáticas 
61. Halitose por alterações renais
62. Halitose por diabetes não compensado
63. Halitose por absorção de substâncias pela pele ou mucosas 
64. Halitose por medicamentos com compostos aromáticos
65. Halitose por febre reumática
66. Halitose por trimetilaminúria
67. Halitose por desidratação
68. Halitose por estados febris
69. Halitose por distúrbios neuropsíquicos
70. Halitose por escorbuto
71. Halitose por herpes simples 
72. Halitose por macroglobulinemia
73. Halitose por hemofilia
74. Halitose por leucemia
75. Halitose por crioglobulinemia
76. Halitose por anemia aplástica
77. Halitose por agranulocitose
78. Halitose por policitemia vera
79. Halitose por reticuloendotelioses não lipídicas
80. Halitose por doença de Letterer-Siwe
81. Halitose por doença de Hand-Schüller-Christian
82. Halitose por noma oro-facial
83. Halitose por granuloma eosinofílico 
84. Halitose por hemorragia interna 
85. Halitose por púrpura trombocitopênica
86. Halitose por doença de Von Willebrand 
87. Halitose por mononucleose 
88. Halitose por trombocitemia 
89. Halitose por doença exantemática 

Os textos das páginas deste site são de autoria do Dr. Maurício Duarte da Conceição, autor do livro Bom Hálito e Segurança, proprietário da Clínica Halitus, que atua há mais de 20 anos no tratamento da Halitose, com mais de 5.000 tratamentos realizados pessoalmente, tendo desenvolvido uma linha de produtos exclusivos para um hálito fresco e agradável, que podem ser encontrados na loja virtual do site www.halitofresco.com.br.

Autor: Dr. Maurício Duarte da Conceição

Fonte: www.MauHalito.com.br

Compreendendo os diferentes aspectos do
Mau Hálito em
5 mensagens enviadas pelo Dr. Maurício Duarte da Conceição.


Garantia total do sigilo dos seus dados.

Entre em contato


Entre em contato
  • Mau hálito - Twitter

    Twitter

  • Mau hálito - Facebook

    Facebook

  • Mau hálito - Youtube

    Youtube

©Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.
Trimbo Marketing