Boca amarga e o mau hálito

07 de Julho de 2010

Boca amarga e o mau hálito

Relação da boca amarga com o mau hálitoA boca amarga e o mau hálito:

Frequentemente a sensação de boca amarga (ou Disgeusia) é associada ao mau hálito, fazendo com que a pessoa acredite estar com halitose, o que pode não corresponder à realidade.

Normalmente esta sensação de paladar alterado está associada à presença de placa bacteriana na língua, a saburra lingual, principal causa do mau hálito, aos cáseos amigdalianos (placa bacteriana que se forma nas amígdalas), a uma baixa produção de saliva, ao baixo nível de açúcar no sangue e à deficiência de vitaminas ou minerais essenciais, em especial o Zinco e a Vitamina A.

Em alguns casos o paladar alterado pode decorrer de problemas fisiológicos relacionados à gustação e ao olfato. Isto pode levar à pessoa a acreditar que esteja com mau hálito, devido a associação destas alterações de paladar e olfato com as alterações de seu hálito, o que nem sempre é real.

Finalmente, esta alteração de paladar alterado pode raramente informar os sintomas iniciais de doenças como o diabetes, a anemia, desordens neurológicas ou outras causas raras.

Normalmente, quando a boca amarga está associada ao mau hálito, ao tratar adequadamente a halitose, o paladar volta rapidamente ao normal.

Assim, é importante que seja feita uma avaliação minuciosa das causas desta alteração de paladar e que as mesmas sejam tratadas adequadamente.

Compartilhe

Comentários

Deixe seu comentário abaixo.