Afinal, o mau hálito (halitose) tem cura?

31 de Julho de 2016

Afinal, o mau hálito (halitose) tem cura?

Afinal, o mau hálito (halitose) tem cura?Muitos ebooks e propagandas enganosas afirmam que o mau hálito (ou halitose) tem cura definitiva ou anunciam a cura do mau hálito em poucos dias. Mas afinal, isso é verdade ou possível?

A halitose não é uma doença e sim um sinal ou sintoma que algo no organismo está em desequilíbrio.

Para facilitar o entendimento, é como comparar o mau hálito com a dor de cabeça ou dor de estômago. Estas queixas não são doenças e sim sitomas ou sinais que podem indicar a presença de uma enfermidade ou disfunção que precisa ser identificada e tratada.

Assim é com a halitose. Quem tem mau hálito tem motivos para ter alteração em seu hálito. O termo correto para a halitose não é cura e sim controle.

Explicando melhor: para que a pessoa não tenha mau hálito, ela precisa adotar novas rotinas de higiene bucal e de alimentação, por exemplo e, se estas rotinas forem suspensas, a halitose se manifestará. Por isso o termo cura do mau hálito não é adequado.

Uma comparação que gosto de fazer é quando a pessoa deixa de tomar banho por 2 ou mais dias. Provavelmente haverá a formação de maus odores, mas a situação é bem mais grave com a boca do que com a nossa pele, pois a boca é o segundo local do corpo que mais tem bactérias.

Por isso, controle e não cura é o termo correto para o mau hálito. Se a pessoa deixar de seguir uma rotina correta de higiene bucal e alimentar, a halitose aparecerá.

Compartilhe

Comentários

Deixe seu comentário abaixo.